nova do lucas luco



  • Preto - Fernando e Sorocaba De presente de um ano de namoro Eu te dei um cachorro. Você falava que gostava de animais, E ficou feliz demais. Ele tentava subir junto em nossa cama, Eu tirava, e você ria disso. Você dizia: Deixa ele, amor, Finge que ele é o nosso filho. E quand
  • Natal Branco - Fernando e Sorocaba Lá Onde a neve cai Sinos festejam A noite de Natal Os pinheiros Brancos de neve São como torres De uma catedral Lá Onde a neve cai Sempre Por sobre A lua tropical O Natal É sempre oração Oração de paz Universal E a neve Cai sempre
  • Muro De Berlim - Fernando e Sorocaba E aí, vamos começar por onde? O que é que a gente faz, O que é que a gente deve fazer? Soluções eu te apresento um monte Mas será que você é capaz De deixar tudo por mim? Eu sim, eu sim, eu sinto que perdemos tempo. Eu sinto que sinto a mesma coisa
  • Lápis De Cera - Fernando e Sorocaba Deixa, deixa Deixa eu entrar no

    Preto - Fernando e Sorocaba De presente de um ano de namoro Eu te dei um cachorro. Você falava que gostava de animais, E ficou feliz demais. Ele tentava subir junto em nossa cama, Eu tirava, e você ria disso. Você dizia: Deixa ele, amor, Finge que ele é o nosso filho. E quand
    • Ver letra



    • Natal Branco - Fernando e Sorocaba Lá Onde a neve cai Sinos festejam A noite de Natal Os pinheiros Brancos de neve São como torres De uma catedral Lá Onde a neve cai Sempre Por sobre A lua tropical O Natal É sempre oração Oração de paz Universal E a neve Cai sempre
      • Ver letra



      • Muro De Berlim - Fernando e Sorocaba E aí, vamos começar por onde? O que é que a gente faz, O que é que a gente deve fazer? Soluções eu te apresento um monte Mas será que você é capaz De deixar tudo por mim? Eu sim, eu sim, eu sinto que perdemos tempo. Eu sinto que sinto a mesma coisa
  • Mais Ouvidas



    » Ver Todos